Les publications sur le Brésil | 2013

A América portuguesa e os sistemas atlânticos na Época Moderna

A América portuguesa e os sistemas atlânticos na Época Moderna

João Fragoso , Roberto Guedes , Thiago Krause
Rio de Janeiro,  Editora FGV, Série História ,   [2013],  184 p.
O objetivo deste livro é expor uma interpretação do Brasil colonial diferente da tradicional, que o resume a um grande canavial escravista, refém do capitalismo dito comercial. O próprio termo colonial surge apenas em fins do século XVIII e traz uma visão de extrema dependência. Num contexto mais geral, provocamos uma reflexão sobre a dinâmica da América e do império ultramarino luso, confrontando-os com o espanhol e o inglês.
Partimos da ideia de que a América lusa e seu sistema atlântico resultaram da ação de ho-mens e mulheres das diferentes sociedades presentes no sul da Europa, África e América. Os agentes europeus trouxeram na bagagem o Antigo Regime católico e suas ideias esta-mentais, de pertencimento à monarquia, de autogoverno dos municípios, de devoções ao além-túmulo etc. Do outro lado do Atlântico, sabemos pouco sobre os valores das popula-ções indígenas americanas e africanas, mas certamente foi com eles que enfrentaram e negociaram com os europeus.
Este processo resultou numa sociedade calcada no Antigo Regime, ainda que diferente: aqui a base foi a escravidão, a mestiçagem e as relações de patronagem/ clientela, terminando por redefinir a estratificação estamental.
 
Sumário
 
Apresentação
Capítulo 1
 
  • O “sentido da historiografia” sobre a chamada
  • economia colonial no início do século XXI
  • Modelos explicativos da economia colonial, monarquias da Europa moderna e a hipótese de Antigo Regime nos trópicos
  • *Novas questões e fontes
  • As perspectivas da historiografia internacional e temas de pesquisa em história social e econômica da América
  • lusa (séculos XVI a XVIII)
  • *Monarquia pluricontinental como hipótese de trabalho
  • *Ao rés do chão do Antigo Regime católico nos trópicos: sociedade
  • escravista e hierarquia social costumeira na América lusa
Capítulo 2
 
  • Formação dos sistemas atlânticos e monarquias: Época Moderna, séculos XVI-XVII
  • As conjunturas do império luso e do Atlântico na virada do século XVI para o XVII
  • A formação de um sistema atlântico católico e escravista nas conquistas lusas
  • Os Impérios atlânticos espanhol e inglês: comparações e perspectivas
Capítulo 3
  • Transformações e consolidação do sistema do Atlântico luso no século XVIII
  • As conquistas lusas na América e o Atlântico Sul em fins do século XVII: o caso do Rio de Janeiro
  • A descoberta da Morada do Ouro e a ampliação do sistema do Atlântico Sul luso: a primeira metade do século XVIII
  • A consolidação do sistema do Atlântico Sul luso e as mudanças na hierarquia social na Praça do Rio de Janeiro e em suas freguesias rurais: a segunda metade do século XVIII
  • Resgate atlântico de cativos, escravidão, populações e mobilidade social: a babel mestiça na América lusa
Conclusão
Glossário
Referências

ISBN : 8-85-225-1411-3
: http://www.editora.fgv.br
EHESS
CNRS
Mondes Américains

flux rss  Actualités

Les mondes de 1848

Colloque - Mercredi 12 décembre 2018 - 09:45Des révolutions de 1848 et du « printemps des peuples », tout semble avoir été dit. On en connaît les chronologies, les discontinuités, les espoirs, les luttes, les flux et les reflux. La dimension transnationale de la « plus européenne des révolutions (...)(...)

Lire la suite

Les mondes de 1848

Colloque - Jeudi 13 décembre 2018 - 10:30Des révolutions de 1848 et du « printemps des peuples », tout semble avoir été dit. On en connaît les chronologies, les discontinuités, les espoirs, les luttes, les flux et les reflux. La dimension transnationale de la « plus européenne des révolutions du (...)(...)

Lire la suite

Les mondes de 1848

Colloque - Vendredi 14 décembre 2018 - 10:00Des révolutions de 1848 et du « printemps des peuples », tout semble avoir été dit. On en connaît les chronologies, les discontinuités, les espoirs, les luttes, les flux et les reflux. La dimension transnationale de la « plus européenne des révolutions (...)(...)

Lire la suite

Plus d'actualités

CRBC - Mondes Américains / EHESS
54 boulevard Raspail
75006 Paris
T.  +33 (0) 1 49 54 20 85
F.  +33 (0) 1 49 54 25 36

 

Communication :
T.  +33 (0) 1 49 54 24 33

Facebook