Les publications sur le Brésil | 2013

Escravos daqui, dali e de mais além

Escravos daqui, dali e de mais além

José Flavio Motta, Économiste à l'Université de São Paulo
São Paulo,  Alameda,  [2013],  390 p.

O comércio de escravos no período de 1861-1887 afetou muitas vidas no Império do Brasil. Extinta a importação de africanos em meados do século XIX, o tráfico interno compunha-se de transação inter e intraprovinciais, destacando-se os negócios feitos localmente.

Naquele período, um importante fator para a definição do sentido do fluxo do comércio humano foi a expansão da lavoura cafeeira, tornando os municípios paulistas escolhidos para análise neste livro locais principalmente de chegada dos escravos, em especial na movimentação entre províncias.

Escravistas desfaziam-se de parte ou de toda a sua propriedade escrava, ao passo que muitas pessoas valiam-se do mercado para tornarem-se escravistas ou para aumentarem suas escravarias. De fato, em nossa sociedade escravista, muitos poderiam atuar vez ou outra como traficantes e participar do comércio da mercadoria humana esporadicamente. Dele participavam também, com intermediários, negociantes com maior ou menor especialização.

Em boa medida ao sabor do dinamismo da cafeicultura, as compras e vendas, trocas, doações e etc., impactavam igualmente a vida dos cativos negociados, amiúde causando alguma ou total desorganização de suas vidas e o rompimento parcial ou completo de seus laços de família, compadrio e amizade.

Reiterando as desproporções do tráfico negreiro transatlântico, com o predomínio de homens nas idades mais produtivas, as transações do comércio interno, mais do que as do internacional, foram também um espaço para o exercício de negociação sempre presente entre escravos e senhores, ambos agentes, ainda que num embate assimétrico, na conformação do cativeiro.

A leitura deste livro permite-nos conhecer algo dos meandros do tráfico interno de escravos, inteirar-nos das características dos contratantes dos negócios efetuados, bem como das pessoas objeto de tais transações, tudo isso sobre o plano de fundo da expansão cafeeira paulista e no contexto das décadas derradeiras de vigência da escravidão no Brasil.


ISBN : 978-85-7939-153-8
: http://www.alamedaeditorial.com.br/
EHESS
CNRS
Mondes Américains

flux rss  Actualités

Le chiffre et la carte

Colloque - Jeudi 21 septembre 2017 - 09:30Le chiffre (le recensement, les enquêtes statistiques, les données, les artefacts comme le taux de chômage ou l’indice des prix) et la carte (les descriptions géographiques, les différents types de cartes, géologiques, topographiques, etc., leur soubasse (...)(...)

Lire la suite

Quelle droite a pris le pouvoir au Brésil ?

Colloque - Mardi 30 mai 2017 - 09:00Ce colloque a pour objectif de proposer un éclairage historique sur la profonde rupture politique vécue par le Brésil au cours de l’année 2016, c’est-à-dire la conquête du pouvoir par une droite très conservatrice, via l’impeachment de la présidente Dilma Rous (...)(...)

Lire la suite

Monde d’images : forme, trace et couleur dans la l’œuvre de Gilberto Freyre

Conférence - Lundi 20 février 2017 - 12:00Cette conférence examinera les rapports, étroits et systématique, de Gilberto Freyre avec l’image – sa production plastique personnelle et celle des artistes qui ont illustré ses livres, sous sa coordination (Cícero Dias, Lula Cardoso Ayres, Manoel Bande (...)(...)

Lire la suite

Plus d'actualités

CRBC - Mondes Américains / EHESS
54 boulevard Raspail
75006 Paris
T.  +33 (0) 1 49 54 20 85
F.  +33 (0) 1 49 54 25 36

 

Communication :
T.  +33 (0) 1 49 54 24 33

Facebook